PARECER CREMEC n 24/2007
11/08/2007

 

PROCESSO-CONSULTA Protocolo CREMEC n 3531/2005
ASSUNTO Solicitação de hemoderivados durante procedimento cirúrgico
PARECERISTAS Câmara Técnica de Cirurgia Geral

CONSULTA

            A Dra. Ângela Maria Pio, médica anestesiologista, solicita esclarecimento sobre se é dever da equipe cirúrgica (anestesista, cirurgião ou auxiliar) o pedido de hemoderivados durante procedimento cirúrgico (transoperatório).

 

DO PARECER

            Esta Câmara Técnica, após análise de seus membros, entende que compete ao cirurgião avaliar a possibilidade da necessidade de hemoderivados quanto ao porte cirúrgico e o risco de sangramento num procedimento eletivo, discutir com os membros da equipe a eventualidade da administração dos hemoderivados.

            A solicitação do hemoderivado é um ato administrativo e numa equipe cirúrgica hierarquizada, diante das circunstâncias, todos os componentes têm o direito e/ou dever de prescrever a solicitação.

            Em urgência e emergência, A solicitação do hemoderivado compete ao médico que está fazendo o atendimento.

Este é o parecer, smj.

Fortaleza, 11 de agosto de 2.007

 

Dr. Heládio Feitosa de Castro Filho, CREMEC 3139
Coordenador da Câmara Técnica de Cirurgia Geral

Dr. Francisco Heine Ferreira Machado, CREMEC 2645
Membro da Câmara Técnica de Cirurgia Geral

Dr. Luiz Gonzaga de Moura Júnior, CREMEC 3225
Membro da Câmara Técnica de Cirurgia Geral