PARECER CREMEC Nº 05/2009
17/01/2009

PROCESSO-CONSULTA PROTOCOLO CREMEC Nº 5725/2005
ASSUNTO – Interfaces profissionais geradas no centro cirúrgico.
PARECERISTAS – Câmara Técnica de Cirurgia Geral

 

CONSULTA

            A Comissão de Ética do Hospital Maternidade São Vicente de Paula solicita parecer sobre:

            Frente a cirurgias de emergência infectadas e eletivas consideradas limpas. Qual profissional ou cargo determinará a indicação cirúrgica, horário e prioridades de realizações de procedimentos no bloco cirúrgico.

            Frente a cirurgia de emergência indicadas pelo médico assistente, e retardadas ou suspensas por outrem. Que profissional ou cargo responderá legalmente, pelas possíveis complicações posteriores, mudança de prognóstico ou óbito do paciente, advindas deste retardo ou suspensão.

            Como deverá se portar a diretoria clínica e técnica do hospital perante tais situações.

DO PARECER

            Esta Câmara Técnica, após análise de seus membros, entende que o hospital que disponibiliza sua estrutura para atendimento de emergência cirúrgica tem que priorizar a realização destes procedimentos sobre as outras áreas de atuação, posto que o retardo da realização do procedimento implica em aumentar o risco de morbi. mortalidade. Se possível reservar sala específica para urgência e/ou emergência, prioritariamente, suspendendo ou retardando ou adiando as cirurgias eletivas.

            Compete legalmente ao Diretor Clínico definir regras administrativas sobre tais prioridades e cobrar do corpo clínico a observância destas normas técnicas.

Este é o parecer, s. m. j.

Fortaleza, 17 de janeiro de 2009

 

Dr. Heládio Feitosa de Castro Filho, CREMEC 3139
Coordenador da Câmara Técnica de Cirurgia Geral
 

Dr. Francisco Heine Ferreira Machado, CREMEC 2645
Membro da Câmara Técnica de Cirurgia Geral
 

Dr. Luiz Gonzaga de Moura Júnior, CREMEC 3225
Membro da Câmara Técnica de Cirurgia Geral